EVOLUÇÃO DOUTRINÁRIA

conde de lippe.jpg

LIPPE. Friedrich Wilhelm Ernst zu Schaumburg-. (Conde de Lippe). Regulamento para Instruções e Disciplina dos Regimentos de Infantaria dos Exércitos de Sua Majestade Fidelíssima. [S.I.]: Secretária de Estado, 1763.

beresford.jpg

BERESFORD, William Carr. (Marquês de Campo Maior). Regulamento para Instruções e Disciplina dos Corpos de Infantaria dos Exércitos de Sua Majestade Fidelíssima. Rio de Janeiro: Impressão Regia, 1820.

ZAGALO.jpg

ZAGALO, Bernardo Antonio. Systema de Instrucção para a Infantaria, oferecido aos novos officiaes do Exercito. Rio de Janeiro, Typographia Nacional, 1850

ZAGALO I.jpg

ZAGALO, Bernardo Antonio. Systema de Instrucção para a Infantaria Ligeira, oferecido aos novos officiaes do Exercito. Rio de Janeiro, Typographia Nacional, 1850.

moreira césar.jpg

QUEIROZ, José Clarindo; MOREIRA CESAR, Antonio; CASTELLO, João de Souza; ACHÉ, Napoleão Fellippe. Instrucções para a Infantaria do Exército Brazileiro, tomando-se por base a instrucção portuguesa. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1892. (Regulamento Moreira César) 

regumamento 1934.jpg

BRASIL. Ministério da Guerra. Regulamento para os exercícios e o combate da Infantaria. Nº 5. São Paulo: Edições e Publicações Brasil, 1943.

rifle bat2 7-5Sem título.jpg

USA. War Department. Infantry Field Manual FM 7-5: Organization and tactics of infantry the rifle battalion. Washington: United States Printing Office, 1940. (seguido pela FEB)

rifle cia.jpg

USA. War Department. Infantry Field Manual FM 7-10: Rifle Company, Rifle Regiment. Washington: United States Printing Office,1942. (seguido pela FEB)

infantry bat.jpg

USA. War Department. Infantry Field Manual FM 7-20: Infantry Battalion. Washington: United States Printing Office,1944USA. War Department. (seguido pela FEB)

rifle regiment.jpg

USA. War Department. Infantry Field Manual FM 7-40: Rifle Regiment. Washington: United States Printing Office,1942. (seguido pela FEB)

Rgt 1953.jpg

BRASIL. Ministério da Guerra. Estado-Maior do Exército. Manual de Campanha C 7-40: O Regimento de Infantaria. Rio de Janeiro: EGGCF, 1952.

bi 1952.jpg

BRASIL. Ministério da Guerra. Estado-Maior do Exército. Manual de Campanha C 7-20: O Batalhão de Infantaria. Rio de Janeiro: EGGCF, 1953.

maneabilidade 1965.jpg

BRASIL. Ministério da Guerra. Estado-Maior do Exército. Manual de Campanha C 7-5: Maneabilidade (exercícios para a infantaria). Rio de Janeiro: EGGCF, 1965.

cia fuz 1973.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. Manual de Campanha C 7-10: Companhia de Fuzileiros. Brasília: EGGCF, 1973.

bi 1974.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. Manual de Campanha C 7-20: Batalhões de Infantaria. Brasília: EGGCF, 1974.

bda inf 1984.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. Manual de Campanha C 7-30: Brigadas de Infantaria. Brasília: EGGCF, 1984.

cia ap 2002.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. Estado-Maior do Exército. Manual de Campanha C 7-15: Companhia de Comando e Apoio. 3. ed. Brasília: EGGCF, 2002.

bi 2002.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. Manual de Campanha C 7-20: Batalhões de Infantaria. 3. ed. Brasília: EGGCF, 2003.

fuzSem título.png

BRASIL. Exército Brasileiro. Manual de Campanha C 7-10: Companhia de Fuzileiros. Anteprojeto. 2005.

pel fuz.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. COTER. Caderno de instrução CI 7-10/1: Pelotão de Fuzileiros. Brasília, 2009.

infa 2018.jpg

BRASIL. Exército Brasileiro. Manual de Campanha EB 70-MC-10.228: A Infantaria nas Operações. Brasília, 2018.